Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE ANAJÁS
09/04/2012
Anajás
CARAVANA PRO PAZ FEZ MAIS DE 30 MIL ATENDIMENTOS EM ANAJÁS
 

A Caravana Pro Paz Cidadania encerrou a ação em Anajás, na ilha do Marajó, com mais de 30 mil procedimentos feitos. Foram três dias de atividades, das 8 às 18 horas, mas nem sempre o horário de encerramento foi cumprido. Em alguns setores, as atividades ultrapassaram o tempo estipulado para o encerramento, fosse por necessidade de atender todas as pessoas da fila, fosse por oportunidade, como no caso do cinema itinerante do Instituto de Artes do Pará (IAP), cujas sessões eram às 19h30.

Com três colaboradores na caravana, o IAP leva o Cinema Mostra Pará, que exibe sessões de filmes paraenses; orienta no desenvolvimento e apresentação de projetos culturais e também está mapeando os artistas e artesãos dos municípios com o projeto Mapa das Artes do Estado, que propõe dar visibilidade às diversas manifestações de arte no portal www.iap.pa.gov.br. A ação pretende articular futuras parcerias para o desenvolvimento cultural em cada localidade.

“O mapa vai proporcionar a difusão cultural de todo o Estado. Os cadastros vão para o nosso site, que também servirá como uma janela desses trabalhos para o mundo, além de termos a noção de onde estão nossos artistas e artesões e o que eles estão produzindo. Nosso objetivo é também preservar a cultura local”, explicou a gerente do projeto, Natália Azevedo.

Os artistas cadastrados se apresentaram nos locais de atendimento do Pro Paz, entretendo o público com música e dança. Várias atrações passaram pelo espaço do IAP. Michelle Guedes, que foi tirar a carteira de trabalho, aprovou a iniciativa. “É legal ver essas apresentações. Enquanto a gente espera na fila, vai se distraindo”, disse.

O IAP cadastrou 107 artistas locais e recebeu 599 telespectadores nas exibições de cinema itinerante. A Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves recebeu 392 crianças nas atividades de leitura, contação de histórias e teatro de fantoches. Ainda na área de arte e educação, a Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data) fez palestras para 130 pessoas da rede de proteção de crianças e adolescentes

O Sistema de Segurança Pública do Pará recebeu 210 pessoas nas palestras de combate às drogas e violência, e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), em parceria com a Defesa Civil, desenvolveu palestras e oficinas de reciclagem para 428 pessoas.

Cidadania – O anajaense Amós Soares Filho mora na vila Jurará, que fica a duas horas de barco da sede municipal, mas durante a caravana ele se instalou em Anajás para trabalhar como voluntário. “A vinda da Caravana Pro Paz para o nosso município foi uma novidade muito boa, uma grande festa para nossa gente que vive esquecida aqui no Marajó. Eu me sinto importante por ter trabalhando nesta ação ajudando na emissão de documentos”, afirmou.

Na área de cidadania as ações ficaram a cargo da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), que fez 1.094 atendimentos, dos quais 602 foram fotos para documentação e 492 carteiras de trabalho. A Polícia Civil emitiu 601 carteiras de identidade, e a Defensoria Pública fez 888 procedimentos, dos quais 280 foram atendimentos jurídicos e 608 emissões de CPF.

A ação foi além. A Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) emitiu 697 certidões de nascimento. Ação Social Integrada do Palácio do Governo (Asipag) entregou 23 cadeiras de rodas e fez 177 cadastros para óculos de grau especiais, a serem fabricados em Belém. O Instituto Embeleze fez 119 cortes de cabelo.

A saúde também está a bordo do navio da Caravana Pro Paz Cidadania, com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Em Anajás foram 2.849 atendimentos oftalmológicos e 285 óculos entregues. Na odontologia foram feitos 1.639 procedimentos. Os exames totalizaram 4.559, e os mais procurados foram os de pressão arterial, HIV e hepatite.

Foram 3.063 consultas, das quais 1.385 foram para clínico geral e pediatria. Ainda foram ministradas 30 palestras de nutrição e administradas 224 vacinas. Um total de 17.832 foi medicamentos distribuído gratuitamente mediante a apresentação da receita médica.

Para a irmã da congregação da Caridade de Santana, Marta Cabrera, a Caravana Pro Paz Cidadania vai além da prestação de serviços à população, é também um incentivo para a sociedade praticar a solidariedade. “O que o Governo do Pará está fazendo com essa caravana multidisciplinar  é um trabalho que vai além do atendimento às carências da população, pois conscientiza o povo dos direitos e estimula o poder municipal, empresas e sociedade civil organizada a abraçar e desenvolver ações como essa. Essa caravana é a mão que o governo estende em nossa direção, um excelente trabalho, feito com qualidade e carinho, e receber isso nesse período de Páscoa é para gente um presente divino”, resumiu.

Fonte: Agência Pará

COMUNICAÇÃO/AMAM
 
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000