Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE BREVES
14/10/2015
Breves
HOSPITAL DE BREVES OFERECE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS ÀS CRIANÇAS E COMEMORA O DIA DELAS.
 

O amor incondicional de duas famílias e a assistência especializada de média e alta complexidade do Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), na cidade de Breves, foram os fatores decisivos para salvar a vida de duas crianças, que prematuramente, e desde muito cedo enfrentaram graves enfermidades. Nesta segunda-feira, 12, elas estão comemorando o Dia da Crianças junto às famílias que adotaram essas crianças ainda durante a internação no hospital.

O HRPM recebeu uma das crianças, que é natural de Portel, prematuramente com várias complicações. A criança foi encaminhada ao Regional para internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal. Dias depois, foi transferido para a UTI Pediátrica, onde passou três meses. Nesse período o bebê foi abandonado por sua mãe biológica, mas não demorou muito para ser adotado pelo casal Herderley e Elizabeth de Oliveira que se sensibilizou com o caso.

A criança fez um ano sábado (10) e pôde comemorar essa data tão importante ao lado dos pais que o escolheram para amar e cuidar. Amanhã, 12, todos passam o Dia das Crianças com o filho que foi carinhosamente apelidado de “Príncipe”. A família agradece os profissionais do hospital pelo atendimento prestado ao filho.

Final feliz - A enfermeira do HRPM, Fabiana Toledo, viveu uma história bem parecida. Com apoio do marido, Alexandre dos Santos, adotou uma criança recém nascida, que atualmente está com três anos. Ela nasceu em uma embarcação durante a viagem de Portel para atendimento no Hospital Municipal de Breves, no dia 18/03/12, com muitas complicações devido a sua prematuridade. A recém nascida então foi encaminhada ao HRPM com apenas 1.020Kg.  Inicialmente, ela foi internada na UTI Neo, onde dependia de aparelhos para respirar. “Com muita luta e carinho da equipe de enfermagem, médica e fisioterapeutas, ela venceu a luta contra os aparelhos e iniciou uma nova batalha em busca de quem lhe oferecesse carinho e pudesse ter como referência de família”, relembrou Fabiana sem esconder a emoção.

Durante o período de internação, a família da bebê deixou de visitá-la. Certo tempo depois, a mãe biológica reapareceu e entregou a certidão de nascimento, e o casal providenciou processo de adoção. “A partir desse momento um sentimento de maternidade tomou conta de mim e do meu marido, num desejo enorme de tê-la em nossos braços”, disse. Hoje ela desfruta do amor e aconchego de uma família que a ganhou de presente. “Nossa família é feliz pela nossa princesa, que hoje é saudável, esperta, inteligente, amável e que mudou totalmente o sentido de nossas vidas”, ressaltou Fabiana.

Referência - Com 70 leitos, o HRPM oferece vários serviços às crianças, entre eles, ambulatórios de pediatria, enfermaria com oito leitos, UTI’s Neo e Pediátrica, cada uma com cinco leitos, além de cirurgia e a ortopedia. As vagas de internação têm uma ocupação média superior a 85%. De janeiro a setembro deste ano, o HRPM efetivou 1.279 consultas pediátricas, superando em 43% a meta contratual.

De acordo com o diretor técnico do Hospital, Dr. Pedro Luiz Leite Soares, a predominância de atendimento ao segmento infantil no hospital segue a ordem de doenças respiratórias como pneumonias, derrames pleurais, asma, doenças gastrointestinais como diarréia, parasitoses intestinais, doenças infecciosas como hepatite, febre tifóide, devido às condições precárias de vida, especialmente, na área ribeirinha. Ele elenca ainda os traumatismos diversos.

Entre os recém nascidos com prematuridade, Pedro Luiz aponta algumas situações como doenças respiratórias e asfixia perinatal, tendo em vista que a maioria das gestantes não passa por um pré-natal adequado em suas localidades. O médico aponta casos de gestantes apresentando quadro de eclâmpsia e pré-eclâmpsia, refletindo a deficiência do pré-natal das redes municipais.

Outros serviços oferecidos às crianças: retorno de 30 dias com o pediatra; emissão de certidão de nascimento nas instalações do hospital; teste do pezinho; vacina contra hepatite B, além dos serviços especializados (Pediatria, Fisioterapia, psicologia, nutrição e atendimentos do serviço social garantindo o bem estar das crianças nesses momentos de fragilidade).

Outras ações beneficiam esses pequenos usuários, entre elas, a busca pela certificação da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC), concedido pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef)/MS. Recentemente o hospital conquistou certificação pelo MS pelo apoio ao aleitamento materno ao inaugurar Sala de Apoio à Amamentação de colaboradoras e usuárias. O HRPM dispõe ainda de Estar das Mães, para acolhimento e viabilidade de amamentação de seus filhos na UTI Neo. Lá, elas recebem alimentação e orientações sobre o cuidar de seus bebês.

Os pequenos usuários têm acesso a “Brinquedoteca” que oferece atividades lúdicas com monitoramento de profissionais, onde as crianças podem assistir filmes infantis e acesso a outras diversões, sempre com o apoio da nutricionista e do grupo de humanização.

Programação Dia das Crianças

A comemoração alusiva ao Dia das Crianças promovida pelo HRPM, dia 8, contou com a participação de 163 pessoas, entre pequenos usuários do hospital, filhos de colaboradores e responsáveis. A programação contou com exibição de filmes e atividades lúdicas, lanche especial, preparado pelo setor de Dietética e Nutrição do hospital; além de distribuição de brindes doados pelo “Padrinhos Solidários”. A homenagem foi organizada pelo Grupo Técnico de Eventos e outros voluntários.

Serviço - O HRPM dispõe de atendimento ambulatorial de segunda a sexta-feira, de 7 as 18 horas. O hospital está localizado na Av. Rio Branco, 1.266, Centro. Mais informações: (91) 3783-2140/ 3783-2127.

Fonte: AGPA.

Comunicação/AMAM
 
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000