Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE BREVES
05/05/2011
Breves
Hospital do Marajó já fazem procedimentos médicos especializados.
 
O avanço na área da saúde pública, na Ilha do Marajó, já está com o caminho aberto no município de Breves, onde o Governo do Estado construiu um hospital regional de alta complexidade para o atendimento de diversas clínicas especializadas direcionado à população dos municípios daquela região.
Projetado e construído no governo Simão Jatene no período de 2002 a 2006, o Hospital Regional de Breves, por estar localizado em uma região que apresenta várias complexidades, só começou a funcionar no segundo semestre do ano passado para atender a alta complexidade da Ilha do Marajó.
A instituição atua em procedimentos como cirurgia geral, ortopedia, obstetrícia de alto risco, fisioterapia, clínica médica, pediatria, radiologia e cardiologia, e tem três Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) – geral, pediatria e neonatal - além de já ter começado a trabalhar com mamografia, exame detector de câncer de mama, evitando, com isso, que pacientes se desloquem até a capital paraense atrás de atendimento médico especializado.
O diretor técnico do Hospital Regional de Breves, Rafael Dib Porcides, médico cirurgião catarinense e com especialização em várias clínicas, já visualiza a possibilidade de serem cumpridas todas as exigências do Ministério da Saúde para que o hospital, em pouco tempo, seja certificado, por atendimento de excelência, numa região em que tudo é difícil, inclusive o acesso, via marítima ou aérea.
Rafael Dib falou com alegria do procedimento cirúrgico feito em uma paciente que precisou retirar pedras da vesícula, com a equipe médica local fazendo uma cirurgia minimamente evasiva, chamada tecnicamente de colecistectomia videolaparoscópica. “Essa técnica permite que o paciente não perca muito sangue, não sinta tantas dores e seja, em curto espaço de tempo, liberado para continuar a vida normal, e sem ficar com grande cicatriz no local da cirurgia” observou o profissional, durante uma visita feita por profissionais da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) ao hospital, onde foram recebidos pela diretora Déborah Wortmann.
Integração

A diretoria do Hospital Regional de Breves já trabalha um processo de integração com o hospital Municipal de Breves, que atende Urgência e Emergência, para que o relacionamento entre as duas unidades hospitalares viabilizem atendimentos mais rápidos à população da Ilha do Marajó, onde estão localizados os municípios de Breves (município polo), Anajás, Curralinho, São Sebastião da Boa Vista, Muaná, Bagre, Soure, Salvaterra, Cachoeira do Ararí, Santa Cruz do Ararí, Ponta de Pedras, Melgaço, Gurupá, Portel, Chaves e Oeiras do Pará.
Um passo muito importante para que o atendimento de qualidade seja atingido de acordo com as técnicas mais evoluídas na área da saúde pública está sendo dado também na instituição. Os diretores estão buscando capacitar mais profissionais de Enfermagem, níveis superior e técnico, para que tenham auxiliares bem treinados à disposição da equipe médica atualmente composta por 10 profissionais especializados em diversas clínicas.
Fonte: Agência Pará de Notícias

 
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000