Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE GURUPÁ
12/08/2015
Gurupá
IFPA OBJETIVA IMPLANTAR CURSOS TECNOLÓGICOS EM GURUPÁ.
 

 

- Qualificação de mão de obra é um dos fatores de geração de emprego, renda e desenvolvimento no Marajó.

Equipe de três professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) realiza o ciclo de palestras “Educação Profissional e Tecnológica no Marajó Sustentável: uma resposta aos anseios da sociedade”.

São consultas públicas realizadas em vários municípios da região, que buscam identificar perfil profissional e demandas junto aos setores produtivos, para adequá-los aos cursos oferecidos pelo IFPA, tendo em vista a região representar grande potencial econômico, principalmente na produção pecuária, agrícola e turística. “O IFPA tem muito a contribuir para a educação profissional e para o desenvolvimento do Marajó. Os cursos objetivam suprir as demandas do mercado com a qualificação de mão de obra para geração de emprego e renda”, afirma o professor Mário Médice, diretor do IFPA - campus Breves.

A equipe do professor Médice reuniu, na sexta-feira (7), estudantes, professores, representantes do poder público municipal e a comunidade, na Colônia de Pescadores Z-49, centro de Gurupá. Na ocasião, servidores do Ministério da Agricultura (AP) e da Empresa Técnica de Extensão Rural (PA) também participaram da audiência.

Após discutirem a proposta do evento, com perguntas dos ouvintes e respostas dos realizadores, os participantes elegeram os cursos de Informática e Produção Alimentícia como os mais adequados às demandas do município. E mais um curso do eixo tecnológico de Recursos Naturais (Agricultura, Pecuária ou Pesca), a ser ofertado futuramente pelo IFPA. “Os cursos representam a elevação do nível da qualificação dos estudantes gurupaenses e isto traz desenvolvimento para nosso município”, diz o vice-prefeito de Gurupá, Manoel Chico, na audiência.

Os cursos oferecidos pelo IFPA terão duração de três anos (técnico integrado) e de um ano e meio (técnico subseqüente). O integrado é quando o aluno cursa o nível médio paralelo ao curso técnico e o subsequente é quando o aluno já concluiu o ensino médio e inicia o curso técnico.

As populações dos municípios de Curralinho, Melgaço, Bagre, Afuá, Chaves e Breves são as próximas a serem ouvidas no ciclo de palestras. Antes de Gurupá, a palestra foi realizada em Anajás. O diagnóstico das consultas será conhecido pela reitoria do IFPA de Breves e pelo Ministério da Educação (MEC), para a viabilização dos cursos. A previsão é de que os cursos estejam disponíveis a partir de janeiro de 2016.

O município de Gurupá está localizado entre a região de florestas do arquipélago do Marajó e a foz do rio Xingu, a 20 metros de altitude. Possui 31 mil habitantes (CENSO 2014) divididos na área de ilhas e rios (70%) e na zona urbana (30%). Sua economia é baseada no agroextrativismo, pesca e serviços públicos e privados.

Texto e fotos: Rui Pena

Comunicação/AMAM
 
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000