Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE MELGAÇO
05/02/2016
Melgaço
MELGAÇO RECEBE LIVROS, KITS ESCOLARES E AÇÃO CONTRA O AEDES AEGYPTI.
 

 

Nesta quinta-feira (4) uma grande ação integrada reuniu representantes de órgãos estaduais e centenas de moradores do município de Melgaço, no Marajó. O projeto “Abraçando Melgaço”, criado por um grupo de empresários, mobilizados em torno do Pacto pela Educação no Pará, tem o principal objetivo de melhorar a educação na cidade. A programação ocorreu no Spazzio Show e foi organizada pelo Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), em parceria as secretarias de Educação (Seduc) e Saúde Pública (Sespa), Companhia de Habitação do Pará (Cohab), Imprensa Oficial do Estado, Grupamento Fluvial de Segurança Pública (Gflu) e Prefeitura de Melgaço.

Foram distribuídos 1.860 livros infantis, infanto-juvenis e paradidáticos pela Imprensa Oficial do Estado, além 700 livros paradidáticos sobre cidadania, doados pela Editora Paulus, que servirão para fortalecer as bibliotecas e espaços de leitura do município. Também foram doados 1.474 kits escolares para alunos entre 9 e 11 anos de cerca de 50 escolas das áreas rurais e urbanas. O material foi arrecadado durante o show da banda A-ha, ocorrido em Barcarena, no ano passado. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) deu às 155 merendeiras que participaram do curso de merendeira escolar urbano e rural o certificado da qualificação. Também foram entregues 20 cheques moradia para famílias cadastradas pela Cohab.

Durante o evento, cerca de 200 professores e agentes comunitários de saúde assistiram a uma palestra sobre o combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e zika. A ação da Sespa faz parte da atividade de educação e mobilização, visando à participação da população no controle das doenças no Pará. A execução de ações contra a dengue é de competência dos municípios. Paralelamente, a Sespa faz o monitoramento dos 144 municípios que receberam o incentivo do Ministério da Saúde para vigilância, prevenção e controle da dengue, e distribui às prefeituras inseticidas (larvicidas e adulticidas) para o controle.

Educação – Em agosto do ano passado, Melgaço foi o 18º município a aderir ao Pacto pela Educação no Pará. Na ocasião um grupo de empresários paraenses apresentou o projeto “Abraçando Melgaço” e se comprometeu, junto com o governo, a mobilizar outras empresas locais para contribuírem com o projeto; cooperar na melhoria da gestão das redes estadual e municipal; implantar e incentivar ações de voluntariado empresarial; e ofertar vagas em programas da Lei do Aprendiz para alunos de escolas públicas de ensino médio.

Com uma população de quase 25 mil habitantes, Melgaço tem o pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) municipal do país, de acordo com o “Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013". Em nota que vai de 0 a 1, a cidade recebeu 0,418, a mais baixa das 5.565 cidades avaliadas. O índice considera ainda indicadores de longevidade (saúde), renda e educação. “Mais de 70% da população vivem em área rural e comunidades afastadas. Isso dificulta muito o trabalho de educação infantil e a Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, explica o prefeito de Melgaço, Adiel Moura.

Segundo a Seduc, existem 53 escolas em Melgaço, das quais quatro estão na zona urbana e apenas uma é estadual. Das 49 escolas localizadas na zona rural, doze são matrizes. A rede municipal tem 8,8 mil alunos matriculados e 34 professores. O município recebeu do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) mais de R$ 21 milhões em 2014.

Com a adesão de Redenção, no início da semana, o Pacto pela Educação do Pará passa a ter 19 municípios piloto (Almeirim, Bonito, Canaã dos Carajás, Curralinho, Juruti, Melgaço, Mojú, Ourém, Paragominas, Primavera, Salinópolis, Salvaterra, Santa Bárbara do Pará, Santarém, São Miguel do Guamá, Tailândia, Tracuateua e Ulianópolis).

“Esse é o resultado de tudo que articulamos para levar melhorias para a população de Melgaço. Fico feliz de ver essa mobilização dando bons resultados. Esse é um novo e importante passo que damos para que o Pacto pela Educação e o Abraçando Melgaço produza os resultados que queremos na vida dessas crianças e consecutivamente suas famílias. Só com esse trabalho coletivo conseguimos colocar tudo isso em prática”, disse a diretora geral do NAC, Daniele Khayat. (Com informações da Sespa e Seduc).

Fonte: AGPA.

Comunicação/AMAM
  
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000