Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE MELGAÇO
15/08/2013
Melgaço
PREFEITO DE MELGAÇO FIRMA PARCERIA COM O PARFOR UFPA
 

A prefeitura de Melgaço, no Marajó, firmou nesta quarta-feira (14) uma parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA) por meio do Plano Nacional de Formação de Professores (Parfor). A prefeitura solicitou a implantação de turmas do Parfor para investir na qualificação dos professores e melhoria da educação básica do município, que registrou o pior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil.

Em uma reunião realizada na UFPA, o prefeito de Melgaço, Adiel Moura de Sousa, entregou para o coordenador do Parfor, professor Márcio Nascimento, e para o vice-reitor da UFPA, Horácio Schneider, o termo de compromisso da prefeitura, destacando a boa infraestrutura e condições de ofertar o curso na cidade. Também participaram da reunião a coordenadora do curso de Licenciatura em Pedagogia, professora Ludetana Araújo, a coordenadora do curso de Ciências Naturais, professora Lucídia Santiago e o professor da UFPA Agenor Sarraf, assessor do prefeito.

Proposta  De acordo com o professor Márcio Nascimento, a proposta é que sejam ofertadas para os professores do município duas turmas de Licenciatura em Pedagogia, uma de Licenciatura em Ciências Naturais e uma de Licenciatura em Matemática ou Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa. As aulas do Parfor acontecem no período de recesso escolar. Os professores da universidade vão até o município ministrar as aulas e, ao final do curso, que tem duração de aproximadamente quatro anos, recebem o diploma da UFPA.

“É um passo que a universidade tem que dar, minimizando esses problemas do Marajó. A UFPA tem que estar sempre a frente para colaborar, se os gestores municipais estão realmente dispostos para a mudança”, afirma o coordenador do Parfor.

Para o município, investir na educação foi uma das formas encontradas para mudar a atual situação da cidade. “Nosso município está precisando. A gente está aqui humildemente reunido com a universidade, pois é importante para o nosso município, nesse momento que estamos passando. A gente vai em busca para poder dar uma resposta para a sociedade. A educação é um ponto fundamental para mudar todo esse cenário do IDH”, disse o prefeito Adiel.

“O município tem 160 professores que atuam da pré-escola ao 5º ano sem formação em nível superior. A negociação é para colocar quatro turmas, para dar conta dessa demanda de professores que não são formados”, afirma o professor Agenor Sarraf. “É a partir da formação de nível superior do professor que a educação pode melhorar esses índices de qualidade do ensino. A maioria da população mora no espaço rural, é essa população que nós precisamos atender”, afirma ainda Sarraf.

Parfor – É um programa implantado com a finalidade de contribuir para que os professores em exercício na rede púbica de educação básica tenham acesso à formação superior exigida na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Por meio dele, a Capes financia cursos de licenciatura gratuitos e de qualidade, destinados, exclusivamente, aos professores que estejam no exercício da docência na rede pública de educação básica.

A UFPA oferta 21 cursos pelo Parfor. Na universidade, o plano está presente em 53 polos (municípios), tem 265 turmas e mais de 10 mil professores em formação. A meta do Parfor/UFPA é formar 25 mil professores da educação básica.

 

Texto e fotos: Thais Rezende - Assessoria de Comunicação do Parfor/UFPA


Comunicação/AMAM
  
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000