Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE PONTA DE PEDRAS
28/05/2013
Ponta de Pedras
CARAVANA DO PRO PAZ REALIZA QUASE 600 CIRURGIAS EM PONTA DE PEDRAS.
 

Em dois dias de muito trabalho, a Caravana Oftalmológica do Pro Paz no município de Ponta de Pedras, no Arquipélago do Marajó, apresentou números positivos e resultados emocionantes. Foram realizadas quase duas mil consultas oftalmológicas e cerca de 600 cirurgias - a maioria de catarata, doença que pode levar à cegueira definitiva, geralmente em pessoas com idade avançada.

 

Um paciente, em especial, chamou a atenção do corpo médico da ação: Lucas Amaral, de apenas 10 anos, sofria de catarata congênita, que é uma falha na formação genética. O menino possuía apenas 20% da visão, e a cirurgia era a única forma de resolver o problema.

 

Considerada de média complexidade, a cirurgia de catarata dura em média oito minutos e requer cuidados especiais quando realizada em crianças, porque os olhos são mais delicados. Apesar do medo, Lucas Amaral enfrentou a sala de cirurgia, e ainda incentivou a avó, Doração do Espírito Santo, 86 anos, a fazer o mesmo.

 

Neto e avó foram juntos para o bloco cirúrgico, e já podem levar uma vida normal. “Agora vou poder voltar a costurar e a andar sozinha na rua”, disse Doração do Espírito Santo, que agradeceu, ainda mais, a oportunidade que o neto teve de, finalmente, enxergar como as outras crianças. “Ele sempre fica em casa, e é um sacrifício até para ver televisão. Agora eu sei que vai ser tudo diferente, que isso vai ajudar na escola, no futuro do meu neto”, afirmou.

 

Tímido, Lucas experimentou com calma a experiência de enxergar sem precisar forçar a vista, e com uma nitidez que nunca teve. “Já estou enxergando. Nunca pensei que isso fosse acontecer desse jeito”, disse o menino.

 

Ver de novo - O dia também reservou essa mesma experiência para o carpinteiro Pedro de Souza, 90 anos, que não enxergava há mais de três anos, e precisava de ajuda até para comer. Acompanhado pela filha, Olgarina de Souza, ele chegou cedo para ser um dos primeiros atendidos nesta segunda-feira (27), e garantir a realização do sonho de voltar a enxergar. Olgarina contou que o pai já andava muito triste e abatido por acreditar que não voltaria a ver novamente.

 

“Ele já andava amuado, e eu não sabia mais o que fazer pra que ele achasse graça na vida de novo. Ele sempre foi independente em tudo, e realmente é muito difícil ver ele dependendo de ajuda. Agora estou ansiosa com o resultado dessa cirurgia, e um pouco preocupada, porque ele vai saber como chegar na casa das namoradas”, brincou a filha, enquanto esperava o pai na saída do bloco cirúrgico.

 

Após 10 minutos de cirurgia, Pedro Souza desceu as escadas sozinho, reconheceu a filha e lhe deu um forte abraço, enquanto lia em voz alta as palavras “Pro Paz”, escritas em um banner na área de espera. Ao perceber que o pai estava conseguindo ler, Olgarina se emocionou. “Isso é um sonho”, afirmou. “Eu estou enxergando melhor do que antes. Isso é um milagre. Agradeço primeiro a Deus e depois ao governo do Estado, por essa maravilha que estou vivendo hoje”, acrescentou Pedro.

 

 

Para a prefeita de Ponta de Pedras, Consuelo Castro, a passagem da Caravana Pro Paz pelo município é sempre um momento esperado. “Estamos muito felizes com esta ação do governo do Estado, com esse olhar especial que o governador Simão Jatene tem pelo povo do Marajó”, reiterou.

 

O mutirão de cirurgias oftalmológicas é promovido pelo governo do Estado, por meio do Programa Pro Paz, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). São feitas gratuitamente consultas e cirurgias oftalmológicas, corrigindo problemas como catarata, pterígio, estrabismo e astigmatismo.

 

A caravana Oftalmológica Pro paz ainda percorrerá os municípios de Cachoeira do Arari, nos dias 30 e 31 de maio; Soure, nos dias 2 e 3 de junho, e Salvaterra, nos dias 5 e 06 de junho. Não é necessário marcar previamente o atendimento. Basta que a pessoa compareça ao local do atendimento portando as carteiras de Identidade e do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Fonte: AGPA.


Comunicação/AMAM
  
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000