Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE SALVATERRA
20/05/2014
Salvaterra
PAINEL DE BANDAS NO MARAJÓ LEVOU CONHECIMENTO PARA MÚSICOS DE VÁRIAS GERAÇÕES.
 

O Painel Funarte de Bandas de Música encerrou no último domingo, 18, em Salvaterra, na Ilha do Marajó, com a apresentação das duas bandas formadas durante o evento, realizado na Escola Estadual de Ensino Médio Salomão Matos. O público lotou a quadra da escola para conferir a apresentação dos alunos que participaram as oficinas de instrumentos de sopro e percussão e também do curso de regência de banda, onde eles aprenderam técnicas de ensaio, prática de conjunto e estudo de repertório. O curso de regência foi ministrado pelos maestros Marcelo Maganha, de São Paulo, e Tobias Volkmann, do Rio de Janeiro. Nele, os estudantes receberam ensinamentos valiosos de grandes profissionais e aprenderam técnicas de como preparar um bom ensaio para banda de música.

Um total de nove alunos de regência participou das apresentações e regeram, cada um, uma música do repertório escolhido para ser executado pela banda. Entre os alunos havia músicos experientes como o regente Marcelino Tavares, de Ponta de Pedras, no Marajó. Mas como este ano o Painel recebeu muitas inscrições de músicos iniciantes, mesmo com pouca experiência eles também puderam mostrar o que aprenderam durante os cinco dias de atividades. Foi o caso do regente Lucas Lima, de 16 anos, que conduziu uma música de Villa Lobos. O curso de regência também atraiu a jovem flautista Karina Marquês, de 17 anos, que viajou  de Salinópolis, na região do Salgado, para ter essa primeira experiência.

O maestro Tobias Volkmann, regente assistente do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, definiu o evento como um encontro de gerações. "Entre os participantes das bandas havia pessoas de várias idades, de músicos iniciantes a veteranos, e todos puderam mostrar o que aprenderam nesses dias de intensa atividade pedagógica. O trabalho que fizemos aqui durante uma semana é um trabalho que normalmente leva um ano. Mas acho que os alunos conseguiram dar um salto e certamente vão levar isso adiante’, afirmou ele.

O curso de regência de bandas atraiu muitos estudantes vindos de municípios da Ilha do Marajó, de outras regiões do Pará e também de outros estados. O professor de música, Felipe França, veio de Pernambuco. ‘Eu não esperava encontrar um evento com essa importância e qualidade aqui no Marajó’, disse o regente, que há três anos leciona em uma escola do arquipélago de Fernando de Noronha.

O repertório abriu espaço para músicas de compositores paraenses como Hezir Pereira e Luiz Pardal, mas houve também composições normalmente executadas pelas bandas, como o dobrado e a marcha.

O encerramento do Painel de Bandas em Salvaterra contou com a presença do prefeito do município, que agradeceu a realização do evento na cidade e destacou a tradição musical no Pará e, especialmente, no Marajó. "Temos jovens com muito potencial e talento musical. Tenho certeza que os maestros que vieram de fora ficaram surpresos com os músicos daqui."

O concerto de encerramento abriu espaço para uma homenagem ao flautista Celso Woltzenlogel, do Rio de janeiro. O músico é uma referência nesse instrumento no país e foi responsável pela criação do projeto bandas da Funarte. O curso de flauta que ele ministrou durante o Painel teve mais de 60 inscritos. ‘Fiquei muito feliz de estar aqui e muito surpreso com a quantidade de jovens que se apresentaram. Isso mostra que o trabalho que a gente fez deu resultado. Desejo que a Funarte continue realizando esse trabalho’, disse o professor.

Fonte: AGPA.

Comunicação/AMAM
  
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000