Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE SOURE
04/08/2014
Soure
POLÍCIA CIVIL EMITE 500 DOCUMENTOS DE IDENTIDADE DURANTE MUTIRÃO EM SOURE.
 

A Polícia Civil emitiu cerca de 500 carteiras de identidade em quatro dias de mutirão no município de Soure, na ilha do Marajó. A ação, iniciada na terça-feira passada, atende à determinação da Delegacia Geral de levar cidadania até a comunidade carente do interior do Estado. A expedição dos documentos foi feita por servidores da Diretoria de Identificação Enéas Martins e coordenada pela delegada Marlise Tourão, que ainda orientou a comunidade sobre os cuidados e a importância de se conservar o documento de identidade.

A programação é uma continuação de ações já executadas, desde junho do ano passado, quando mais de duas mil carteiras de identidade foram emitidas em mutirões em cidades como Paragominas, Capanema, Nova Esperança do Piriá, Garrafão do Norte, Capitão Poço, Ourém, Bragança, Igarapé-Miri e Abaetetuba, no nordeste paraense. O serviço possibilitou que crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiência física obtivessem acesso ao documento de forma gratuita. Muitos deles conseguiram a primeira via da identidade e agora podem ter acesso a uma série de benefícios na área de saúde, por exemplo.

É o caso do idoso Raimundo Walmir Borges de Souza, 70 anos, que não tinha carteira de identidade, e agora conta com todos os benefícios de um cidadão. Os servidores públicos foram até a casa de Camila Leal, deficiente física, para cadastrar os dados dela. Ela também não tinha o documento. O trabalho em Soure teve ajuda de voluntários, que atuaram no atendimento ao público.

Para solicitar o documento, bastava apenas apresentar o original da Certidão de Nascimento, Casamento ou Divórcio, duas fotos 3 por 4 e qualquer documento, como conta de luz, água ou telefone, para comprovante de residência. Os dados serão levados para Belém, para confecção das carteiras de identidade, que serão entregues à comunidade em Soure em até 30 dias. Para a delegada Marlise Tourão, a ação da Polícia Civil foi mais uma atividade em favor da cidadania.

Fonte: AGPA.

Comunicação/AMAM
  
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000