Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
NOTÍCIAS DE SOURE
24/10/2017
Soure
SOURE REALIZA A CORRIDA MARAJOARA
 
Cavalo marajoara Surfista, montado pelo vaqueiro Vitor Abdon, foi o grande vencedor do enduro de 160 quilômetros disputado no percurso em campo aberto entre Cachoeira do Arari e Soure, dentro do I Festival de Cavalo Marajoara, no último final de semana.



A corrida faz parte da programação do festival, realizado pela Prefeitura Municipal de Soure, Governo o Estado, através de Secretaria de Esporte e Lazer e do Banpará, e reuniu cerca de oitenta duplas de cavalos e cavaleiros, em disputas acirradas de dois dias de cavalgada enfrentando sol intenso, vento forte, área terroada de solo duro e grande esforço físico. Prova disso é que metade dos concorrentes não atingiu a linha de chegada.

O Festival, que começou na sexta-feira, dia 20, promoveu uma série de eventos paralelos em campo aberto no Posto de Fomento como basquete a cavalo, luta marajoara, e a prova de ciclismo, no mesmo percurso dos cavalos, com a participação de 23 ciclistas. O vencedor foi Edney Siqueira, 30 anos, que já disputou e evenceu muitas provas no Pará e em outros estados.



A prova da argolinha, onde o cavaleiro tem de acertar o centro da argola com um pequeno ariete, foi das mais concorridas. O grau de dificuldade é porque o cavalo tem de estar em grande velocidade quando o cavaleiro atinge o alvo. Isso concede mais pontos porque dificulta sua ação. O primeiro lugar ficou com Davi Cardoso montando o cavalo Relâmpago. Essa prova tem muita elasticidade e agradou em cheio a imensa plateia que assistiu, debaixo de um sol intenso, todas as provas finais realizadas no domingo.


A corrida de cavalo chamado pipira, em razão da baixa estatura dos animais, também atraiu grande público e foi destinada a jovens com menos de 17 anos num percurso de seis quilômetros.


 A corrida de búfalo e a prova da sela mais rápida também foram bastante aclamadas pelo público graças à destreza dos competidores sobre seus animais.O prefeito de Soure, Guto Gouvêa e a diretora de eventos da Seel, Ana Júlia Chermont, que comandaram a realização do Festival, com suas equipes de campo e logística, destacaram a participação das fazendas da região e dos vaqueiros como elementos importantes para o sucesso do Festival. E anunciaram a participação de um enduro para as mulheres no próximo ano, com apoio da primeira dama, Clara lobato, que também é exímia montadora, para organizar a corrida.


Fotografias: Inácio Souza 
Comunicação/AMAM
  
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000