Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
 NOTÍCIAS
07/04/2017
Santa Cruz do Arari
PARABÉNS SANTA CRUZ DO ARARI.
 


O Município de Santa Cruz do Arari com aproximadamente 20 mil habitantes, completa amanhã, sábado, 55 anos. Santa Cruz do Arari a princípio era uma fazenda de criação de gado situada às margens do lago Arari, localizada nas terras de propriedade de Plácido José Pamplona, Alferes da Infantaria do Regimento de Macapá que recebeu por doação do Rei de Portugal Felipe IV a sesmaria Santo Inácio onde foi fundada a fazenda Santa Cruz. Segundo antigos moradores que veio tomar posse das terras, de sesmaria santo Inácio foi seu sobrinho Thomáz do Espírito Santo Pamplona, e quando a família Pamplona chegou em 1868 nestas terras todos ficaram encantados com a beleza do Lago Arari que era o santuário ecológico da Ilha do Marajó, aqui encontraram poucos habitantes e começaram então a povoar estas terras, por ser a fazenda Santa Cruz e localizar-se as margens do Lago Arari, deram então o nome Santa Cruz do Arari.

Santa Cruz do Arari não podia se desenvolver sócio, econômico e financeiramente, porque vivia sobre os domínios do Município de Ponta de Pedras que por muitos anos dominou estas terras. Em 1960 o Deputado Romeu Santos, líder político na região do Arari, tomou conhecimento de tudo que ocorria em Santa Cruz do Arari, e encaminhou em 29 de dezembro de 1960 à Assembleia Legislativa do Pará um Projeto de Lei de sua autoria pedindo a emancipação de Santa Cruz do Arari do Município de Ponta de Pedras. Isso só ocorreu no ano de 1961,com o apoio do Excelentíssimo Senhor Aurélio Correa do Carmo, então Governador do Pará, com a criação e a aprovação de Lei Estadual nº 2.460, publicada no Diário Oficial nº 19.759 que criou o município de Santa Cruz do Arari, sendo reconhecido como Município no dia 08 de abril de 1962.

Costuma-se a dizer que o Município tem três épocas no ano bem definidas: Época da Água, Época da Seca e a Época da Lama, pois no início das chuvas e da seca, aproximadamente um mês e meio, a terreno fica lameado. Nestes meses mais chuvosos, ocorrem as menores temperaturas, enquanto, nos últimos seis meses, se processam as temperaturas mais elevadas.

O lago Arari é considerado o maior lago do Arquipélago do Marajó e um dos maiores do mundo em água doce, medindo de 4 a 7 km de largura e 18 km de comprimento, em direção Norte e Sul, com profundidade de 1 a 5 metros no verão e 5 a 7 metros no inverno. O Lago Arari é considerado o maior santuário ecológico da Ilha do Marajó.

O rio Arari é o mais importante do município de Santa Cruz do Arari, sendo um dos principais pontos turísticos da região, por suas belezas naturais, seu leito é navegável tanto na estação do inverno quanto no verão.

O prefeito Antônio Maria, o Tonhão, e a Secretaria de Turismo Luciana Pamplona, prepararam uma vasta programação cultural, com apoio logístico e segurança aos visitantes que devem chegar de todos os municípios marajoaras vizinhos e de Belém do Pará, já que a festa é tradicional com muito tamuatá e muito som com o grupo Acauã, Adilson Jr, da Banda Xeiro Verde, e Banda AR 15. Hoje 07, a programação já começa no Vilarejo Jenipapo e amanhã é na cidade.

Como Chegar: As lanchas saem do Porto Brilhante (Porto do Sal), às 05h da manha. Fones: Expresso NEGUEBE. Contato com Malu. Fone: 98480-8220 – Sexta feira. Para sábado – Expresso SAMUELE. Contato com Morossoca. Fone 98523-4725 ou 98428-3331.

Texto:  Wava Bandeira

Fotos: Arquivo Turismo AMAM

Comunicação/AMAM.
 
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000