Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
 NOTÍCIAS
01/08/2017
Variados
MARAJÓ SEDIA XII ENCONTRO DOS CRIADORES DE BÚFALOS.
 


O potencial turístico, cultural, produtivo e econômico proporcionado pela pecuária bubalina no arquipélago do Marajó é o foco da segunda edição do Marajó Búfalos e XII Encontro Brasileiro dos Criadores de Búfalos. A expectativa dos organizadores é mobilizar cerca de 1.500 pessoas entre pecuaristas de todo Brasil, empresários, criadores de búfalos, entidades de pesquisa, estudantes, técnicos e interessados no setor até o próximo sábado (5), nos municípios de Cachoeira do Arari, Soure e Salvaterra.

O evento também é uma vitrine tecnológica que mostra o avanço em melhoramento genético dos búfalos regionais para leite e corte, reunindo difusão tecnológica com palestras e cursos, curral de negócios, além de torneio de búfalas leiteiras a pasto, prova de ganho de peso para animais de corte e concurso para eleger o melhor queijo do Marajó.

Uma das novidades desse ano é o Búfalo Goumert que vai envolver chefs locais e nacionais e ainda os restaurantes de Soure e Salvaterra para divulgar e valorizar a típica culinária marajoara. “É um momento de consagrar todos os avanços da cadeia bubalina, os benefícios econômicos, turísticos e culturais que envolvem o setor”, explica o presidente da Associação Paraense dos Criadores de Búfalos, Roberto Fonseca.

A Embrapa Amazônia Oriental, por meio dos projetos Promebull e Promebull Marajó, é uma das responsáveis da parte técnico-cientifica do evento e realiza dia de campo, no dia 3, das 9 às 12h, da Unidade Demonstrativa localizada no Campo Experimental em Salvaterra. De acordo com o pesquisador Ribamar Marques, líder do projeto, a Embrapa irá mostrar o resultado de mais de 30 anos com pecuária bubalina na região. “Estamos nesse momento fazendo a maior ação de inseminação artificial em tempo fixo da história do arquipélago com o preparo de cerca de 400 búfalas de 37 propriedades parcerias que receberão sêmen de aninais de genética superior, para melhorar a qualidade do rebanho leiteiro no Marajó”, frisou.

No dia 4, as atividades serão no antigo cinema de Soure, com apresentações técnicas abordando o programa Balde Cheio, PGP, legislações sobre laticínios, resultados do Promebull e produtos de indicação geográfica. Haverá ainda visita técnica a laticínios locais.

Veja a programação► http://www.amam-marajo.org/images/apostilas/marajo-bufalos-programao.pdf

Fonte: Diário do Pará.

Comunicação/AMAM
 
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000