Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
 NOTÍCIAS
24/05/2018
Variados
MARCHA DOS PREFEITOS
Prefeitos marajoaras são destaques na Marcha em Brasília
 

O vice presidente da AMAM, Guto Gouveia, prefeito de Soure, acompanhado dos prefeitos Mazinho Salomão, de Afuá, Nilson Farias, de Bagre, Jaime Barbosa, de Cachoeira do Arari e a prefeita de Curralinho, Alda Aires e de são Sebastião da Boa Vista, Hilton Lima, participaram ativamente da Marcha dos Prefeitos promovida pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em Brasilia.  

O ex prefeito de Breves, Xarão Leão, também participou da Marcha e aproveitou para visitar alguns Ministérios, juntamente com prefeitos, a fim de buscar recursos e novos projetos sociais nos municípios marajoaras.

Além das reuniões plenárias promovidas pela diretoria da CNM, os prefeitos puderam ouvir os principais candidatos à Presidência da República em duas tardes do evento,  que atraíram um público de mais de cinco mil pessoas entre prefeito, vices-prefeitos,vereadores, assessores e jornalistas.  

Na quarta-feira, os presidentes de Associações e Consórcios de prefeitos reuniram-se com a bancada federal no Congresso para traçar projetos de interesse dos municípios como o aumento e 1% no repasse do FPM, mais recursos para as Unidades de pronto Atendimento, as UPAS, retomada de muitas obras federais paralisadas há anos e mais repasses para o Fundeb e a Saúde.Tramita no Congresso uma Lei de criação de novos municípios que divide opiniões. El alguns estados, já há municípios suficientes diferente do Pará que tem o amanho de cinco estados de São Paulo e apenas 145 municípios contra 600 paulistas.

Diversas localidades com mais de seis mil habitantes querem se tornar municípios e desmembrar-se com autonomia para eleger prefeitos e vereadores. Mas nem todos apoiam essas criações. O Congresso vai pautar em breves esse projeto.  

 Texto/Fotos: Pedro Medina

 
  
 
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000