Seja muito bem vindo(a) a AMAM  - 
 
 
 
 TURISMO
08/09/2017
Variados
PARÁ VENCE EDITAIS E RECEBERÁ RECURSOS DO MINISTÉRIO DO TURISMO.
 


Uma disputa entre vários Estados selecionou propostas de apoio a projetos de infraestrutura turística e elaboração de estudos de desenvolvimento turístico, por meio de Chamada Pública do Ministério do Turismo, aberta a todos os membros da Federação. No certame, a equipe técnica da Diretoria de Políticas Públicas, da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), garantiu recursos para execução de projetos executivos no Arquipélago do Marajó e no município de Santarém, no oeste paraense.

Na área de infraestrutura, de 16 propostas selecionadas, oriundas de vários Estados, apenas Pará, Bahia e Mato Grosso foram classificados e habilitados, para ações de Apoio a Projetos de Infraestrutura no setor.

O Pará ficou em primeiro lugar na área de Elaboração de Planos e Estudos de Desenvolvimento Turístico, vencendo 11 propostas, seguido de Paraná, Minas Gerais e Piauí. “Isto mostra que o Estado tem gente qualificada para competir nos editais do Ministério do Turismo, em igualdade de condições com os demais estados com destinos turísticos já consolidados”, informou o economista Gabriel Peixoto, coordenador e Programas e Investimentos da Setur.

Recursos – Com ações estratégicas apoiadas no Plano Ver-o-Pará, a Setur avança nas etapas que possibilitem ao Estado a consolidação como um dos destinos turísticos no Brasil. A agenda de captação de recursos, por meio de editais no Ministério do Turismo, é uma oportunidade para alcançar esse objetivo.

Um dos editais vencidos pela Setur na Chamada Pública vai destinar R$ 250 mil para a execução do projeto executivo dos terminais Turístico-Fluvial de Soure e Salvaterra, municípios do Marajó mais procurados por turistas. Os terminais são os destinos das embarcações que deixam o Terminal Hidroviário de Belém.

As obras vão ampliar e adequar os atuais terminais para a recepção e conforto de quase 71 mil turistas que visitam o Arquipélago do Marajó a cada ano, além de impulsionar a economia dos pequenos negócios da cadeia turística, compatíveis com a conservação e utilização sustentável da biodiversidade local, de acordo com o Plano Nacional do Turismo.

A outra ação será desenvolvida à cidade de Santarém, para promover o destino turístico do município, conhecido por sua diversidade cultural, além das praias de rio, com destaque para Alter do Chão, eleita em 2009 a mais bonita do Brasil pelo jornal inglês The Guardian. Santarém receberá R$ 250 mil para o projeto executivo.

A diretora de Políticas Públicas para o Turismo, Fátima Gonçalves, defende que a captação no Ministério do Turismo é fundamental para o trabalho da Setur. Segundo ela, com o programa de regionalização do turismo o Pará cadastrou 129 municípios, que podem se credenciar a receber recursos do setor.

“O diferencial desses dois editais é a verba para fazer o projeto executivo que nós estávamos precisando. Era uma dificuldade de viabilizar junto ao Ministério ou bancos o repasse de recursos, tudo por falta desse projeto”, informou Fátima Gonçalves.

Fonte: AGPA.

Comunicação/AMAM
« Voltar
 
 
Oeiras do Pará
 
Desenvolvido por:
Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó
End: Travessa 3 de maio, 2389
Cremação - Telefone: (91) 3213-8000